A quinta edição do Entre Margens: encontro com a literatura, realizado pelo Sesc, chega ao fim neste final de semana, 10 e 11 de novembro, com programação em Petrolina e na comunidade do Lambedor, em Lagoa Grande. O projeto, que teve início no último dia (05), neste ano traz como tema “Narrativas (in) Visíveis”.

No sábado (10), a programação começa às 15h, às margens do rio São Francisco, no ponto da barquinha, do lado de Petrolina, onde o público poderá embarcar para o Recital Travessia Poética: Mestras da Tradição Oral. Serão disponibilizadas cem senhas de acesso à embarcação. A poesia vai passear sobre as águas do Velho Chico, com apresentações do Samba de Véio da Ilha do Massangano (Petrolina-PE), Reisado do Lambedor (Lagoa Grande- PE) e mediação: Maria José dos Santos (Mazé) e Graça Elenice Braga (Recife-PE).

Às 19h, será aberta na Galeria de Artes Ana das Carrancas, a exposição Lugar de Terra (Juazeiro-BA e Petrolina – PE). Com curadoria de Sarah Hallelujah, a exposição apresenta trabalhos dos artistas Déba Viana, João Pedro Rodrigues, Maria Julia Castro, Luiz Marcelo Barboza, Sarah Hallelujah e Yane Andrade, estudantes da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf). A exposição surgiu a partir da observação de uma prática coletiva dentro do laboratório de cerâmica da Univasf, em Juazeiro. Por meio da argila, em um labor mais afetivo que acadêmico brota uma urgência territorial, pensando o espaço de morada, de convívio, de trabalho, de lazer. Os trabalhos poderão ser vistos até o dia 2 de fevereiro de 2019.

A programação de sábado será encerrada a partir das 20h30, no Teatro Dona Amélia, com o espetáculo O Som da Vida, de Lucas dos Prazeres(Recife-PE). Realizando um “triálogo” entre percussão, canto e dança, ele faz um passeio pelas manifestações da cultura popular nordestina, buscando na essência das nossas raízes o que tem de mais belo, sublime e puro. Entra em cena sozinho, apenas ele e suas vivências, e, através de performances irreverentes traz o particular que compõe o seu mosaico colorido e encantado, O Som da Vida.

Lagoa Grande

O Entre Margens será encerrado no domingo (11), na comunidade do Lambedor, zona rural de Lagoa Grande. Às 15h acontecerá a Conversa:Narrativas (in)Visíveis, com a participação de Daniela Amoroso (Salvador- BA), Francinaldo Borges (Lambedor/Lagoa Grande-PE), Sonia Guimarães (Recife-PE), Graça Helenice (Recife-PE) e mediação: Cristiane Crispim (Petrolina-PE).

Às 16h30, haverá Contação de Histórias: Yiabás Griós Memórias Afro-brasileiras, com Maria José dos Santos (Mazé) e Graça Elenice Braga (Recife-PE). Às 17h, Daniela Amoroso apresentará a performance Hortensia. A dança tomará conta do Entre Margens às 18h, com a apresentação do espetáculo Eu Vim da Ilha, da Cia de Dança do Sesc Petrolina. Às 19h os donos da casa mostram a beleza e a alegria da tradição, com a apresentação do Reisado do Lambedor. A programação do Entre Margens será encerrada às 19h, com o espetáculo Um batuque que Ecoou e Batuk-Ajé, com Camila Yasmine e Eugênio Cruz (Petrolina-PE).

Fonte

Deixe uma resposta