Foto: JC/NE10 reprodução

Atendendo a uma ação popular em defesa da suspensão da lei que extinguiu a Delegacia de Combate a Crimes contra a Administração e Serviços Públicos (Decasp) de Pernambuco, a 5ª Vara da Fazenda Pública da Capital concedeu liminar para que a delegacia extinta por projeto de lei do Executivo Estadual enviado à Assembleia Legislativa (Alepe) continue funcionando, pelo menos, pelos próximos 45 dias. Na mesma decisão, o órgão determina que a delegada afastada Patrícia Domingos conclua as investigações em curso.

Em outra ação – uma ADI que o Livres com o PPS acionou o Estado –, o juiz Bandeira de Mello deu 15 dias para o governo e a Alepe se manifestarem sobre o caso. (Fonte: Blog de Jamildo)

Fonte

Deixe uma resposta