Game Show é um gênero de programa de televisão onde as pessoas, sejam elas celebridades ou pessoas comuns, participam em várias provas que podem ser testes de inteligência ou provas físicas. Eles fazem isso para ganhar pontos ou prêmios. Esse tipo de programa parece ser um dos poucos gêneros em que nada daria errado.

Tentar a chance de ganhar muito dinheiro “brincando” parece ser uma coisa boa. Mas mesmo nesses programas em que parece que tudo é bom existe suas partes sinistras. Mostramos aqui alguns dos escândalos que existiram nesse programa.

1 – Hack

“Press Your Luck” era um game show bem popular na década de 1980. Nele, os participantes respondiam perguntas aleatórias quando apertavam em um quadro. E uma jogada ruim poderia tirar os ganhos do competidor.

Mas o motorista de caminhão, Michael Larson, descobriu como hackear o tabuleiro do jogo depois que ele analisou por um tempo. Ele conseguiu entrar no programa em 1984 e ganhou mais de 100 mil dólares e umas férias nas Bahamas. Depois de três anos, esse programa terminou.

2 – Trapassa com celular

O “Pasapalabra” é um quiz espanhol, que une pessoas comuns com celebridades em uma série de jogos e tarefas. As respostas certas criam um contador de tempo que é usado na rodada final para adivinhar palavras específicas.

Uma celebridade, que participou do programa, foi a modelo Adriana Abenia. Ela estava em um segmento musical onde tinha que acertar a música depois de ouvir um trecho pequeno dela. O que ninguém sabia era que ela estava com seu celular aberto com o aplicativo Shazam. Esse app mostra qual música está tocando. Infelizmente, para ela, seu celular tocou com uma mensagem de texto e seu telefone desligou.

3 – Ajuda da plateia

O programa “Quem quer ser um milionário” tem versões pelo mundo todo. Nele, o participante vai respondendo perguntas de múltipla escolha. Elas vão ficando mais difíceis, conforme o valor delas vai aumentando.

Quando Charles Ingram foi participar da versão britânica do programa, ele levou sua mulher, que já havia ganhado seu dinheiro, e o cunhado, que era professor universitário. Quando Charles lia em voz alta as alternativas, um dos dois tossia, para indicar qual era a resposta certa. Isso funcionou até o meio do programa. Depois disso, eles foram descobertos de alguma forma.

4 – Propaganda enganosa

O programa chama “Quem quer casar com um milionário?” e é bastante autoexplicativo. Nele, as pessoas assistem mulheres tentando se casar com um homem simplesmente por seu dinheiro. Nesse caso, o homem era Rick Rockwell e ele teve que escolher entre 50 mulheres para escolher seu amor verdadeiro.

O título do programa promete um milionário. Mas no caso de Rockwell ele não era um grande empresário do ramo imobiliário como ele alegou. A “vencedora” do programa, Darva Conger, descobriu a farsa e logo quis a anulação do seu casamento.

5 – Fugitivo

Em 1988, Patrick Quinn apareceu no programa “Super Password”. O participante foi apresentado como sendo um analista de sistemas do governo. Ele conseguiu ganhar mais de 58 mil dólares. Mas na verdade, Quinn era um fugitivo procurado.

O homem não achou que seria descoberto. Mas algumas pessoas que estavam assistindo o programa o reconheceram. O nome verdadeiro dele era Kerry Ketchem e ele tinha sido acusado de falsificações e fraudes em Indiana. Quando Ketchem foi receber seu dinheiro, dois homens do Serviço Secreto estavam esperando por ele.

6 – Demissão

“O preço está certo” é um programa ótimo para os dias de preguiça. Nos anos 1980 e 1990 tiveram denúncias de assédio e abuso sexual por parte de Bob Barker. E o programa parece não ter aprendido com seus erros.

Nos últimos anos, tiveram várias alegações de modelos, que ficaram grávidas, e depois perderam seu emprego. Em 2010, Brandi Cochran entrou com uma ação por ter sido demitida depois de ter engravidado.

7 – Serial Killer

“The Dating Game” era um programa famoso, onde as pessoas iam ver possíveis pretendentes. Em 1978, Rodney Alcala apareceu no programa onde Cheryl Bradshaw o escolheu.

Alcala já tinha sido condenado por estuprar uma menina de oito anos, uma década antes. Bradshaw descobriu as acusações do homem e se recusou a ir no encontro com o homem. Depois de uns anos, Alcala virou um serial killer, conhecido por ter matado pelo menos cinco pessoas.

Deixe uma resposta