A natureza é algo bonito, mas que também pode conter fúria e devastação. Vemos com alguma frequência nos noticiários casos de fenômenos naturais que causam centenas de mortes e levam à destruição das áreas atingidas. Eles podem facilmente acabar com a nossa vida e também é estranho ver tantas exibições de poder da natureza, e admirar ao mesmo tempo a beleza e destruição que eles causam.

Um exemplo disso são os vulcões. Eles são responsáveis pela morte de várias pessoas e podem até mesmo erradicar comunidades inteiras. Mas não se pode negar que é impressionante ver o espetáculo que é o fogo líquido sendo atirado para cima e descendo a “montanha”. Mostramos aqui outros fenômenos naturais que são belos, mas que também podem acabar com a vida humana.

1 – Relâmpago

Um relâmpago é uma descarga eletrostática súbita, que acontece em meio à uma tempestade elétrica entre as regiões carregadas eletricamente entre duas nuvens ou entre a nuvem e o solo.
Vê-los cair do céu é bastante bonito. Pensar que alguma coisa dos céus, em algum momento toca a terra em um grande raio de luz, pode ter até um quê poético. Mas a verdade é que esse fenômeno já tirou a vida de muitas pessoas. E em segundos, pode terminar a vida de alguém.

2 – Tempestade de gelo

Para nós que não moramos em um lugar que corre esse risco, esse fenômeno natural parece lindo. Quem não acharia maravilhoso acordar e ver a cidade toda coberta de gelo?! Mas na verdade essas tempestades são oriundas de quando existe uma grande quantidade de neve caindo. Essa neve é menos densa e se acumula com mais facilidade.

Esse fenômeno é considerado um dos mais perigosos do mundo e várias pessoas já perderam suas vidas por conta dele. Invernos extremamente gelados, por mais bonitos que possam parecer em fotos, na realidade são bastante cruéis.

3 – Chuva de granizo

Nós não temos neve, mas o que mais se aproxima de vermos neve caindo é a chuva de granizo. Ela nada mais é do que dezenas de milhares de bolas ou pedaços irregulares de gelo, chamados de pedras de granizo, caindo do céu.

O fenômeno, quando está acontecendo, pode ser maravilhoso de ser visto. Mas dependendo do tamanho das pedras, elas podem chegar a estourar a cabeça de alguém e até mesmo matar as pessoas.

4 – Bolhas de gelos inflamáveis

Essas bolhas brancas estão presas a alguns centímetros abaixo da superfície do gelo congelado. Elas são, na verdade, bolsões altamente inflamáveis feitos de metano tóxico com efeitos que são mortais.

Segundo o que os cientistas dizem, se a temperatura da terra continuar aumentando, o metano vai acabar sendo liberado para a nossa atmosfera. E depois que isso acontecer, todos os organismos vivos que estão próximos dessas áreas irão morrer.

5 – Tempestade suja

Esse fenômeno é bastante raro e realmente é de tirar o fôlego das pessoas que o presenciam. Ele é associado com as grandes erupções vulcânicas. O que é esse fenômeno é, basicamente, se resume a um relâmpago em uma nuvem de erupção vulcânica. O que o diferencia de uma tempestade comum é que nesta os cristais de gelo colidem e geram cargas elétricas. E se esses eventos separados já causam a morte de várias pessoas, quando estão juntos, por mais que seja belo de se ver, é ainda mais perigoso.

6 – Avalanche

Esse fenômeno da natureza é quando qualquer quantidade de neve desce por uma encosta de uma montanha. Esse fenômeno pode ser comparado com um deslizamento de terra mas, logicamente, diferentemente dos casos comuns com a terra, o que desliza é neve. E talvez exatamente por essa troca é que ele é tão bonito.

As avalanches são mortais porque, à medida em que ela vai se aproximando ao fundo da encosta, ela ganha mais velocidade e força. E isso faz com que, mesmo os menores deslizamentos de neve, sejam um grande desastre. Elas são as maiores inimigas de esquiadores e alpinistas.

7 – Erupções limnicas

Esse fenômeno também é conhecido como reviravolta no lago. Ele é um fenômeno raro, onde o dióxido de carbono dissolvido se solta subitamente na água do lago. Quando isso acontece, ele sufoca a vida selvagem do lago, o gado ao redor e até mesmo os seres humanos. Essas erupções também podem causar tsunamis no lago.

Como são raras, até hoje aconteceram apenas duas já registradas. Uma em 1984, no Lago Monoun, que matou 37 pessoas. E uma maior aconteceu em 1986, nas proximidades no Lago Nyos, matando por volta de 1700 e 1800 pessoas.

Fonte

Deixe uma resposta