Foto: Ascom PMJ/arquivo divulgação

A exemplo do estado de Pernambuco, a Bahia contará com drones da Polícia Federal (PF) que serão usados durante o pleito eleitoral deste ano para prevenir e combater possíveis crimes eleitorais. Ao todo, 100 equipamentos desse tipo serão utilizados em todo o território nacional no próximo dia 15 de novembro, quando acontecerão as eleições municipais.

Os equipamentos  foram apresentados nesta terça-feira (27), pela PF. Os drones podem ser manipulados até oito quilômetros de distância do operador.

De acordo com o superintendente em exercício da PF na Bahia, Fábio Muniz, a ideia é sobrevoar as principais zonas eleitorais do Brasil, o que vai ajudar a fiscalizar e evitar crimes como boca de urna e transporte de eleitores.

Uma equipe da PF vai receber a transmissão, em tempo real, de todas as imagens capturadas, o que viabilizar maior poder detecção de crime eleitoral. Além de Salvador, todas as cidades com unidades da instituição vão estar atuando nas zonas eleitorais de competência. São elas: Barreiras, Ilhéus, Juazeiro, Porto Seguro e Vitória da Conquista. “Os policiais vão estar preparados para ações rápidas e imediatas, e como consequência fazer a prisão dos suspeitos, que devem ser conduzidos para a delegacia, onde as providências possam ser tomadas”, ressaltou o superintendente.

Medidas preventivas

Com a pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o uso dos drones vai diminuir o trabalho presencial dos policiais, evitando assim possibilidades de infecções nas ruas. “Em meio a uma pandemia, são medidas que protegem nossos policiais durante o trabalho e evita a proliferação do coronavírus, como também a Covid-19”, finaliza Muniz. (Fonte: A Tarde)

Fonte: Blog do Carlos Britto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here