Com certeza você já deve ter ouvido falar sobre Jack, o estripador. Um serial killer que matou várias mulheres em Whitechapel, em Londres e redondezas. O caso foi muito explorado por jornalistas da época, que sensacionalizaram e causaram um verdadeiro espetáculo. As vítimas eram sempre mulheres, grande parte prostitutas que tiveram o garganta cortada e também sofreram de cortes abdominais.

Além disso, ao menos três vítimas tiveram algum órgão retirado. O que para a polícia foi uma pista de que o assassino tinha algum conhecimento sobre anatomia. Apesar dessa pista e de todas as outras, entre elas cartas que o próprio assassino enviou, a polícia nunca conseguiu concluir o caso. O serial killer nunca foi preso.

Assassino ou assassina?

Você deve ter reparado a todo momento que todo o texto até aqui, estava no masculino. Mas a verdade é que ninguém sabe ao certo se o serial killer era um homem realmente. Acontece na cabeça das autoridades daquela época, uma mulher não poderia cometer tais crimes. Mas a verdade é que o sexo de ninguém define se ele ou ela será um criminoso ou não. Mas você deve imaginar que naquela época, em 1888 ninguém desconfiaria de uma mulher.

Se você quiser saber mais algumas pistas sobre Jack ser na verdade uma mulher, não deixe de conferir ao vídeo no nosso canal Fatos Desconhecidos!

Fonte

Deixe uma resposta