Game of Thrones é atualmente a série mais popular do momento. Então, consequentemente tudo o que acontece na série parece influenciar diretamente os seus fãs mais aficionados. A começar pelos nomes dos personagens, que as pessoas têm usado muito para batizar os filhos. Nos Estados Unidos e Reino Unido, muitos bebês recém-nascidos receberam nomes inspirados na série. Os nomes de Arya ou Khaleesi dispararam depois do sucesso do programa.

Outro fator que tem sido resultado da série é a adoção e abandono de cães. Se você acompanha a série, já está familiarizado com a presença de lobos. Os animais selvagens são os leais companheiros e protetores da família Stark. No entanto, os lobos extintos são interpretados na tela por cães da raça Inuit do Norte. Essa raça é resultado do cruzamento entre Huskies e pastores alemães, algo seletivamente criado para se assemelhar a lobos.

Desde o começo de Game of Thrones, muitas pessoas, provavelmente inspiradas pela série, começaram a adotar cães da raça Huskie pela sua semelhança com os lobos. No entanto, com a proximidade do fim da série, o número de abandono dessa raça específica aumentou em 420% no Reino Unido.

Abandono

De acordo com dados do maior grupo de resgate de cães do Reino Unido, o Dog Trust, o número de Huskies abandonados subiu 420% desde o início de Game of Thrones. Nos Estados Unidos, também foi notado isso. Lá, a quantidade de cães dessa raça e que estão abandonados dobrou durante o mesmo período. O questionamento que fica agora é qual seria a relação do programa de TV com a irresponsabilidade dos donos?

Esses cães são procurados pelos fãs da série devido a sua semelhança com os lobos gigantes. Como nas telas, os grandes lobos são interpretados por cães da raça Inuit do Norte. Mas como é uma raça muito rara e cara, os Huskies se tornaram os preferidos entre aqueles que adotam um animal de estimações inspirados pelo show.

“Desde o começo de Game of Thrones, nós vimos um enorme aumento na popularidade de cães que se parecem com lobos, mas pedimos para os que tutores lembrem que um cachorro é para a vida, não apenas pela duração de uma série de TV”, disse Adam Clowes, diretor de operações da Dog Trust.

E os cães da raça Huskies não são os únicos a serem abandonados. Outras raças semelhantes a lobos, como akitas e malamutes, também têm sido vítimas do comportamento volátil de seus tutores. Em uma reportagem feita pelo National Geographic, mostrou-se que é muito comum que os animais abandonados estejam identificados com nomes inspirados em Game of Thrones.

Adoção

 

Um dos motivos que pode influenciar essa situação é também as características comportamentais da raça. Acontece que, muitas vezes, essas pessoas estão apenas animadas com a ideia de ter um animal semelhante ao do programa de TV. Esses tutores nem sempre fazem uma pesquisa sobre o comportamento do animal que estão adotando. No caso dos Huskies, eles são cães acostumados a exercícios intensos. É recomendado que eles façam pelo menos duas horas de atividades físicas todos os dias. Quando não o fazem, é comum que eles fiquem estressados e irritadiços e comecem a descontar nos móveis da casa.

O problema não está na adoção por modismo, isso pode até ser legal. No entanto, é importante lembrar que animais não são objetos descartáveis. Ao decidir adotar um bichinho de estimação, é preciso estar preparado para atender às necessidades do animal, e não simplesmente se desfazer dele porque não é o que você esperava.

E você, o que acha disso? Conta para a gente nos comentários e compartilhe com os seus amigos.

Fonte

Deixe uma resposta