Foto: Ascom PMJ/Adeap divulgação

A Agência de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Pecuária (Adeap) e os produtores de orgânicos de Juazeiro (BA) e região irão promover nos próximos dias  20 e 27, das 16h às 20h, na área externa da Casa do Artesão, Orla II  da cidade, ações em comemoração ao aniversário de um ano da Feira de Orgânicos do Vale, que é realizada todas as quintas-feiras, nesse mesmo horário.

O espaço conta com barracas padronizadas, distribuídas regularmente, seguindo as normas de produção e comercialização de produtos orgânicos. “A feira possibilita um acesso fácil, rápido e seguro a todos que querem desfrutar de uma vida saudável. A agricultura orgânica é limpa e saudável e hoje cada vez mais as pessoas querem cuidar da saúde, fugir do químico, do convencional para ter uma qualidade de vida melhor“, diz a engenheira agrônoma da Adeap, Cristiane Lima.

Para Jovita da Silva, presidente da Associação Rural da Horta Comunitária João Paulo II, a feira é um grande avanço para os produtores de orgânicos da região. “Todos os membros da nossa associação hoje possuem a certificação e a feira tem possibilitado a comercialização de forma organizada, legal e periódica dos nossos produtos, bem como, oportunizado aos produtores não certificados, a certificação acessível, através da ABC Orgânicos“, informou.

Durantes as duas últimas quintas-feiras de setembro o público será agraciado com apresentação cultural, palestra sobre agricultura orgânica, oficina de aproveitamento integral de alimentos e apresentação musical. “Estamos comemorando um ano da feira de orgânicos e queremos dividir esse sucesso com todos de Juazeiro e região. A feira tem se consolidado cada vez mais e a equipe da Adeap juntamente com os produtores pensaram numa programação rica e diversificada“, destacou o secretário da Pasta, Tiano Felix.

Parceria

As ações de aniversário também contam com a parceria da panificadora Ki Pão, Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Juazeiro (STRJ), Capril Aroeira, Copercar, Caipira da Silva, COOAFJUR e o grupo cultural ‘Samba de Véio’ do Rodeadouro.

Fonte

Deixe uma resposta