Por: Blog Edenevaldo Alves –


A nomeação da advogada Silvia Gandelman como inventariante do patrimônio de João Gilberto, por decisão da 1ª Vara de Órfãos e Sucessões do Rio de Janeiro, será contestada judicialmente.

De acordo com informações da coluna de Ancelmo Gois, no jornal O Globo, a escolha de uma pessoa de fora da família – ainda que o escritório da advogada seja especializado no relacionamento com artistas -, não é um consenso entre os familiares do músico baiano falecido em julho de 2019 (clique aqui).

Um dos pontos críticos é o fato de que a inventariante terá direito de 5% do patrimônio de João Gilberto, ainda que grande parte da herança seja de dívidas.(BahiaNotícia)














Deixe uma resposta