Advogado de Joesley faz festa de aniversário na Europa: “Não Havia Clima No Brasil”

O criminalista Antônio Carlos de Almeida Castro, conhecido como Kakay, escolheu o Palácio Xabregas, em Lisboa, espaço suntuoso,para celebrar seus 60 anos, na noite de sexta-feira (22), registra a Folha de São Paulo.

O som dos versos de “Falador Passa Mal”, na versão cantada por Jorge Ben Jor escolhida pelo DJ, ecoaram pelos salões do Palácio, em comemoração ao aniversário do advogado de Joesley e Wesley Batista.

Que malandro é você?/ Que não sabe o que diz/ Cuidado que muita mentira, você pode perder o nariz!”. É o melô do delator“, definiu um jovem advogado.

Um dia antes de comemorar a chegada dos 60 em Lisboa, o advogado(no centro da foto de camiseta azul) subiu à tribuna do Superior Tribunal de Justiça-STJ para sustentação oral do pedido de liberdade dos Batista.

Um dos pontos altos foi o show privé de Carminho, a mais famosa cantora de fado da nova geração, cujo cachê não sai por menos de 20 mil euros (R$ 75 mil).

A cantora portuguesa brindou os convidados com fados tradicionais, mas o hit da noite foi mesmo “Falador Passa Mal”, a canção do Originais do Samba.

É nossa homenagem ao Janot e ao Moro“, divertiu-se o dono da festa, ao lado da mulher, Valéria Vieira, no salão convertido em pista de dança depois da meia-noite.

Só fiz a festa em Portugal porque não pude fazer em casa. O Brasil virou um país punitivo, esquisito“, diz Kakay. “Quando fiz 50 anos, convidei todos os amigos, gente do Executivo, do Legislativo, do Judiciário. Tinha vários senadores, governadores, ministros de tribunais superiores, ex-presidente. Hoje não dá para fazer isso.”

mudancadeparadigmas.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here