Estudantes da EREM estão indignados (Foto: Divulgação)

Depois dos estudantes e moradores do Bairro Cohab Massangano, zona oeste de Petrolina, reclamarem das péssimas condições da Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) Professora Osa Santana de Carvalho, agora foi a vez dos alunos da EREM Padre Manoel De Paiva Netto, no Jardim Amazonas (na mesma área) relatarem situação parecida e pedirem por uma solução por parte do Governo de Pernambuco.

A unidade funciona em tempo integral desde o ano passado, mas não estaria comportando os cerca de 600 alunos. A estrutura da escola é questionada e os estudantes dizem que não existem acomodações suficientes para todos. Eles reclamam também da estrutura do colégio, da falta de laboratório e querem uma quadra poliesportiva coberta.

Um dos alunos, Samuel Brito, chegou a enviar uma mensagem ao governador Paulo Câmara, por meio do Facebook, pela qual pediu melhorias para a escola. Também utilizando sua rede social, o governador respondeu (vejam aqui) e prometeu realizar uma manutenção na unidade, além de afirmar que educação é a sua “prioridade”.  O problema é que essa promessa foi feita há vários meses e até agora, conforme Samuel, nada foi feito.

Os questionamentos apresentados pela comunidade escolar foram repassados pelo Blog à Secretaria Estadual de Educação. Estamos aguardando uma resposta.

Escola Padre Manoel De Paiva Netto (Foto: Divulgação)

CB

Deixe uma resposta