Amigo oculto de Temer que tem passe livre no governo, causa estranhamento no planalto

  • Rafael Brunetti
  • 30/06/2018

Um amigo oculto do presidente Michel Temer chamou atenção. Wilson Roberto Mendes de Sá ou Wilson Pudim para os mais conhecidos, é frequentador do Palácio do Planalto. O homem não é político, não trabalha no governo e não executa absolutamente nada que o relacione com o Planalto. No entanto, demonstra ter uma amizade íntima com Michel Temer.

Segundo reportagem da revista “Crusoé”, o homem tem passe livre no governo, o que causa estranhamento até nos funcionários do mais alto escalão. Pudim passeia pelo lugar como se trabalhasse ou comandasse algum posto. Um fato causa desconfiança: Pudim é dono de uma empresa de transporte de valores. Essa mesma empresa de Pudim foi a responsável por transportar recursos para uma firma acusada em pagar propina ao operador do MBD, Lúcio Funaro.

A empresa de Pudim fica localizada em Santos, justamente o local onde Michel Temer se encrencou na Justiça. Temer foi denunciado no “Decreto dos Portos” devido grande influência do político no porto.

Amigo de Michel Temer aparece em diversas fotos

Wilson Pudim esteve presente nos mais variados momentos de Michel Temer. É possível encontrar fotografias em que Pudim está no fundo, exibindo um sorriso. Durante o impeachment de Dilma Rousseff, Pudim estava ao lado de Temer.

Segundo o Brasil no ato A foto se tornou histórica pois reuniu o presidente ao lado do ex-deputado preso, Henrique Eduardo Alves. Eliseu Padilha que viria assumir a Casa Civil também aparece na imagem. Além do mais, o ex-assessor de Temer, Rodrigo Rocha Louves, que foi encontrado com uma mala recheada com R$ 500 mil está presente. No canto, vestido de maneira diferente dos outros, estava Wilson Pudim.

Veja a seguir a foto. Pudim é o que está do lado direito, vestindo camisa escura.

‘Sobrinho ou afilhado’

Wilson gosta de dizer que é “sobrinho” ou “afilhado” de Temer. Durante um discurso, o presidente deixou escapar as amizades que tem na Praia Grande. No momento que dizia, Pudim bateu em suas costas e o lembrou de algo. Logo em seguida Temer enfatizou que enviou a Rota para a cidade litorânea.

Em outras fotos é possível notar que o homem é mais bem colocado ao lado de Temer que seus próprios assessores especiais.

A empresa de Pudim se chama “WR Mendes de Sá”, é de transporte de valores. Diversas coincidências envolvendo Lúcio Funaro, cidade de Santos, Temer e o Decreto de Portos, começam a trazer desconfiança sobre essa grande amizade de Temer.


Post Views:
4

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here