Foto: Divulgação

Agricultores da Associação da Malhada Real, zona rural de Lagoa Grande (PE), no Sertão do São Francisco, calculam os prejuízos após um incêndio ter consumido a vegetação e avançado sobre a comunidade nesta segunda-feira (20). Os pequenos produtores tiveram que apagar o fogo com baldes de água, na tentativa de salvar a plantação.

Um rastro de destruição e morte pode ser visto nas imediações da associação, relata o Blog Didi Galvão. Isso porque muitos animais não conseguiram escapar do incêndio e terminaram morrendo. Segundo moradores, as chamas alcançaram vários hectares da vegetação vitimaram espécies silvestres como como tatu, cobra e sagui.

Foto: Divulgação








Fonte: Blog do Carlos Britto

Deixe uma resposta