Os trabalhadores rurais do Pontal, em Petrolina, que ocupavam a sede do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) desde a tarde da última terça-feira (5), deixaram o local na tarde de ontem (7).

Além de famílias de agricultores do Pontal, o grupo era formado por membros do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), que já haviam ocupado a sede da 3ª Superintendência Regional (SR) da Companhia de Desenvolvimento dos Vale do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) no começo da semana.

O grupo protesta para não ser despejado do Pontal, através de reintegração de posse da Codevasf, que estava marcada para acontecer no próximo dia 12. O Blog não foi informado, no entanto, se houve algum acordo.



Fonte

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here