Casa Bolsa de Petrolina. (Foto: Blog do Carlos Britto)

A Casa Bolsa de Petrolina retomou o atendimento no dia de ontem (20), após ficar um mês com problemas devido ao sistema da Caixa Econômica Federal. Em forma de mutirão, para diminuir os transtornos aos usuários de programas sociais, o foco neste momento é a atualização cadastral e realização de novos cadastros, como explica a diretora de Atenção Social, Gláucia Andrade.

O mutirão está concentrado em cadastros e novos cadastros, que é a demanda principal da população. Depois de um mês sem atender devido ao sistema da Caixa – que foi o problema de vários municípios –, a gente está retomando nosso ritmo de atendimento”, justificou.

Segundo a diretora de Atenção Social, quando o problema no sistema se iniciou o atendimento ao público foi suspenso por completo. “Depois voltamos a atender 90 senhas por dias e, hoje, estamos atendendo 180 senhas, fora o atendimento rápido, que ai já dispara para 300 atendimentos no geral”.

Gláucia Andrade explicou que a principal preocupação é com o grupo que estava no prazo até 17 de agosto e outro que já tinha passado (13 de julho). “O alerta para essas famílias é que, atualizando o cadastro, ficando no perfil, volta a receber. Não é um cancelamento permanente”, esclarece.

Colaboração

A diretora de Atenção Social da Casa Bolsa ainda pediu paciência e colaboração da população, visto que a demanda reprimida é grande. “É preciso muita paciência, tanto da parte dos beneficiários quanto dos operadores do sistema. Todo retorno de atendimento é traumático, é uma demanda reprimida de um mês que a gente deseja ‘desafogar’ durante essa semana de mutirão”, finalizou.

A unidade da Casa Bolsa fica localizada na Avenida Dr. Fernando Góes, Centro de Petrolina.  O equipamento funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h, e aos sábados das 7h às 13h. As famílias beneficiárias de programas sociais também contam com o atendimento nas unidades locais dos dez Centros de Referência de Assistência Social (CRASs) do município.

Atendimento na Casa Bolsa de Petrolina. (Foto: Blog do Carlos Britto)

CB

Deixe uma resposta