Cansados de conviver com esgoto, lixo, entulho, escuridão e falta de investimento do poder público no bairro Caminho do Sol, em Petrolina, moradores desabafam e cobram mais atenção como o bairro que já existe há quase 30 anos.

Foto: leitor

De acordo com as reclamações, há várias ruas sem pavimentação, meios-fios e saneamento, sem contar nos inúmeros terrenos baldios que servem como depósito de lixo, entulhos, resto de árvores, pneus, entre outros objetos. Um desses terrenos é o do antigo colégio Motiva, onde as paredes foram derrubadas e outras estão prestes a cair, podendo causar algum acidente.

Foto: leitor

“Além disso, na rua do bege, mais conhecida como rua do canal, é uma fedentina absurda, animais mortos, lixo, esgoto, e o que é pior, tudo isso escoa para a lagoa de estabilização do antigo CEAPE, e sem nenhum tratamento vai para o Rio São Francisco. Esse canal era para escoar águas pluviais, más há várias ligações com esgotos jogados nele.”, denuncia o leitor.

Segundo ele, nos dois últimos meses, a rua tem ganhado limpeza, pintura nos meios-fios, além de reforço na iluminação por conta da nova sede da EPTTC, que agora está situada no local. “Enquanto isso, há várias ruas ou parte de ruas que são escuras, um verdadeiro breu e quase não há rondas policiais, os pontos escuros ou os terrenos baldios são usados como ponto de uso de drogas e prostituição.”, frisa.

Para onde vai, ou melhor, para onde foi o dinheiro dos IPTU’s que os moradores pagam há vários anos? Há relatos de moradores mais antigos que há ruas que mudaram de nomes várias vezes, por que será?

Solicitamos do Poder Público que tome algumas providências com o bairro. Pedimos também aos vereadores que façam uma visita ao local.

Com a palavra a Secretarias de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade e Infraestrutura, Habitação e Mobilidade e também o 5º BPM. 

Estamos de olho!

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here