Um casal foi preso temporariamente nesta quarta-feira (15), suspeito pela morte do professor Henry Pereira da Silva, gestor da Escola Monsenhor José Kerhle, em Arco Verde (PE), ocorrido no mesmo dia.

De acordo com Polícia Científica, após coleta de material genético e perícia no local, foi possível constatar que o incêndio na casa da vítima, que estava carbonizada, havia sido criminoso.

A polícia ainda conseguiu coletar várias imagens de câmeras de segurança nas proximidades do local do suposto crime, identificando alguns dos supostos autores e partícipes.

Segundo a polícia, durante a prática delituosa, ainda foram furtados objetos do professor, bem como um veículo Chevrolet Prisma, cor branca, o qual foi encontrado queimado, pela Polícia Militar, na zona rural de Arcoverde.

O investigado ainda foi flagrado por um circuito de filmagens, saindo da residência da vítima com três bolsas, contendo objetos subtraídos, e usando uma bicicleta de propriedade da vítima. O inquérito policial continua em andamento.














Fonte

Deixe uma resposta