Juazeiro/Foto: Reprodução

Neste artigo, o leitor Taurino Fernandes de Souza afirma que a atual administração de Juazeiro (BA) precisa mostrar mais eficácia em obras estruturais para a cidade, e não apenas “mostrar serviço apenas em época de eleições”. Haja bronca.

Confiram:

Transtornos e muita confusão feita por uma administração que não tem compromisso com o município. Vejamos: obra da revitalização da orla em ritmo lento, sem previsão de término. No entanto a administração começa um quebra-quebra na Adolfo Viana, com a finalidade puramente de demonstrar serviço em época de eleições sem nenhum planejamento.

Uma obra em uma avenida com grande movimento para quem se direciona para o Centro primeiramente deveriam ser preparados os acessos alternativos, para amenizar os transtornos da obra, para que os usuários pudessem se dirigir para o Centro da cidade e o centro comercial dentro do planejado percurso dos ônibus coletivos, sem ter de se deslocar num grande percurso a pé, como está acontecendo, porque  o coletivo não para em nenhum local e leva  todos os ocupantes do veículo até o Terminal de Ônibus.

Planejamento era o primeiro estudo que deveria ser feito, uma programação dos trabalhos em fins de semana ou à noite. Não tenho dúvidas de que temos, no quadro, técnicos especialistas em engenharia ou arquitetura, profissionais filhos da terra com  grande potencial e qualidades técnicas, mas que estão encostados sem exercerem as suas principais funções e assistindo à margem outros profissionais que foram contratados e que  não têm nada a ver com o município, não conhecem o solo onde estão pisando e, diga-se de passagem, com salários exorbitantes e fazendo tudo para atender as solicitações dos principais gestores, que só Deus sabe como estão sendo estes orçamentos e estas licitações.

Tudo às escuras, obras que a comunidade não sabe, não conhece e nunca viu o projeto. Obrigação tem, sim, a administração, de publicar não só no Diário Oficial do Município com também em ouros meios de comunicação local, pelo menos o projeto ou uma maquete das referidas obras. Não tenho dúvidas de que Juazeiro precisa virar um canteiro de obras porque temos muita coisa a fazer para o bem estar da comunidade.

Falam em R$112 milhões que sumiram dos cofres públicos, que poderiam ajudar na construção de obras em nossa querida Juazeiro. Precisamos urgente de uma mudança rápida para que possamos ver a nossa querida cidade no topo das estatísticas como uma boa cidade para se viver, assim como temos em nosso país a cidade de Maringá-PR, como a melhor cidade para se viver no Brasil.

Taurino Fernandes de Souza/Leitor

Fonte

Deixe uma resposta