O empresário Luiz Eduardo Coelho decidiu entrar na polêmica acerca das quase 900 famílias de agricultores que ocupam o Projeto Pontal e correm o risco de ser despejadas por um mandado de reintegração de posse impetrado pela 3ª Superintendência Regional (SR) da Codevasf (responsável pela área). O assunto já tinha esquentado na última sexta-feira (8), quando o vereador Ronaldo Silva (PSDB) contestou o deputado federal Adalberto Cavalcanti (PTB), que defende a permanência dos agricultores no local.

Pelas redes sociais, Luiz Eduardo também é contrário à ocupação.

Confiram seu desabafo:

O triste é ver defensores de invasão. Obediência a princípios legais do direito de propriedade são fundamentais na democracia. Considere-se a reforma agrária como ferramenta necessária à paz social e, por vezes, fundamental ao desenvolvimento do Vale do São Francisco. Dos projetos públicos de competência da Codevasf, nasceram os pilares do nosso desenvolvimento, com base na fruticultura irrigada.

Através da Concorrência pública, se vai definir quem deverão ser os verdadeiros proprietários que estiverem vocacionados para as atividades rurais, obedecendo regras claras e transparentes de: interesse público, ocupação, geração de emprego e renda. O resto é politicagem.

Luiz Eduardo Coelho/Empresário

(Foto/arquivo)



Fonte

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here