Os muros de quatro escolas municipais de Petrolina serão as telas para os artistas do projeto ‘Bode Parede’, projeto de intervenção artística e urbanística  que tem como objetivo envolver a sociedade com a arte. Ontem (24) a primeira escola que ganhou um novo colorido foi a Eliete Araújo de Souza, área central da cidade. No muro, o artista plástico Jocélio Bello pintou a obra ‘Bode Soul Music’. O evento de entrega contou com shows musicais, apresentações das comunidades e ações de inclusão e acessibilidade.

Na próxima segunda (27), o ‘Bode’ vai estrear no interior. A maior escola do município, a José Esmerindo, na Agrovila do Perímetro de Irrigação Maria Teresa, vai ter em seu muro a arte ‘Psicobodelia’ do artista Felipe Rhein. A inauguração será às 16h. A organização promete o mesmo clima festivo com shows e apresentação.

Na quarta-feira (29), às 10h, a Avenida Monsenhor Ângelo Sampaio, no Bairro Areia Branca, também vai receber a obra de arte. A tela, desta vez, será o muro da Escola Professora Maroquinha e será assinada por Euri Mani. A novidade é que o nome da tela será escolhido pelos próprios alunos da escola. E às 16h, a última obra nas unidades de ensino do município será entregue no Bairro José e Maria, na Escola Professor José Joaquim. Lá, a artista Tacylla Kaline vai pintar a obra ‘Bode em Meio a Cactos’.

Projeto

O Bode Parede é uma ação de fomento do Fundo Estadual de Incentivo à Cultura (Funcultura), Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe) e do Governo Pernambuco em Ação, e tem apoio da Prefeitura de Petrolina, da Compesa e do Núcleo  de Práticas Sociais Inclusivas da Univasf. A produção executiva é de Luciana Carvalho. (foto/divulgação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here