Foto: Ascom PMP/divulgação

Na véspera dos 124 anos de emancipação política de Petrolina, os moradores da zona norte finalmente verão um clamor de quase duas décadas começar a virar realidade. O prefeito Miguel Coelho assinará ordem de serviço, nesta sexta-feira (20) para o início das obras de recuperação da bacia do Dom Avelar.

Além de avançar no processo para selecionar a nova concessionária dos serviços de água e esgoto, a gestão municipal irá investir mais de R$ 4 milhões para concluir a bacia, que abrange seis bairros da área e deveria estar sob responsabilidade da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa). A rede de esgotamento sanitário vai contemplar mais de 40 mil pessoas no Dom Avelar, Terras do Sul, Santa Luzia, São Jorge, São Joaquim e Padre Cícero.

O diretor presidente da Agência Reguladora de Serviços Públicos (Armup), Rubem Franca, lembra que, apesar de ser a responsável pelos serviços, a Compesa alegava insegurança jurídica para justificar a ausência de investimento, fato que mudou após as ações da prefeitura.

Há vários anos, a Compesa se utilizava de uma suposta insegurança jurídica para não investir no local. Mas agora, depois que a prefeitura se mobilizou, a Companhia decidiu agir”, disse.  A ordem de serviço será assinada por Miguel Coelho em cerimônia marcada para às 18h, na nova quadra poliesportiva do Dom Avelar – que será entregue também amanhã pelo gestor. Nesse equipamento foram investidos mais de R$ 235 mil. A nova quadra conta com tabela de basquete, traves de futebol, vôlei e rampas para acessibilidade.

Foto: Ascom PMP/divulgação

Fonte: Blog do Carlos Britto

Deixe uma resposta