Por: Blog Edenevaldo Alves –


O líder do governo Bolsonaro, Senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), se pronunciou sobre a operação da Polícia Federal deflagrada na manhã desta quinta-feira (19). De acordo com o congressista, houve excessos  e as medidas que foram tomadas são consideras desnecessárias por seus advogados.

“O Argumento sobre essa extensão e esse excesso eu acho que a manifestação da Procuradoria- Geral da República já diz tudo. Não havia necessidade dessas diligências em minhas residências  e em meus locais de trabalho. Meus advogados de defesa entendem que foi um excesso, uma  medida  muito extensa, desnecessária para os objetivos de esclarecer os fatos pertinentes a investigação e acho que a manifestação da procuradoria foi muito clara nesse sentido”, disse.

FBC afirma que colocou o posto de líder do governo à disposição do planalto. ” Eu já conversei com o presidente Davi Alcolumbre e com o ministro Chefe da Casa Civil da presidência da república, Onyx, e tomei a iniciativa colocar à disposição o cargo de líder do governo, para que o governo possa, ao longo dos próximos dias fazer uma avaliação se não seria o momento de proceder uma nova escolha ou não. Esse é um julgamento, um juízo que será feito pelo presidente e pelo Ministro Chefe da Casa Civil e pelo Ministro da Secretaria de Governo”, concluiu.














Deixe uma resposta