O Comitê de Prevenção e Enfrentamento ao novo coronavírus (Covid-19) e ao H1N1, em Juazeiro (BA) – formado por representantes da Procuradoria Municipal e de várias secretarias, e coordenado pelo prefeito Paulo Bomfim – decidiu nesta quinta-feira (26) pela transferência dos atendimentos pediátricos que acontecem na UPA, para o Hospital São Lucas. A mudança está prevista para domingo (29). Com isso, os atendimentos de urgência, emergência e internações passarão a ser na unidade hospitalar no Bairro Jardim Flórida.

Desde setembro de 2019 a UPA era responsável pelo serviço, mas por conta da pandemia e da transmissão comunitária do coronavírus, já declarada pelo Ministério da Saúde e com casos confirmados para as duas doenças em Juazeiro, o Comitê decidiu pela transferência dos atendimentos pediátricos. A Secretaria de Saúde (Sesau) está mobilizando as equipes para a mudança.

O Comitê é presidido pela secretária Fabíola Ribeiro, sob orientação de Paulo Bomfim. A gestora esclarece que o momento é de reestruturação para  deixar a rede de saúde estruturada e evitar a exposição das  crianças. “Estamos em um momento cauteloso e precisamos pensar na população em especial nas crianças. Aqui em Juazeiro já temos casos confirmados das duas doenças (coronavírus e H1N1). Nosso objetivo é melhorar a segurança para as crianças e estabelecer os fluxos na UPA para os adultos que cheguem com sintomas respiratórios“, explicou.

Fabíola Ribeiro ressalta ainda que espaço físico do Hospital São Lucas é amplo, além da unidade ser nova. “Com certeza é o melhor local no momento para levarmos os serviços de pediatria. Precisamos de uma unidade que não seja referência nem para o coronavírus e nem para H1N1, aqui na cidade, e que disponha de espaço exclusivo para pediatria através do SUS, para assim resguardamos o público infantil”, concluiu.








Fonte: Blog do Carlos Britto

Deixe uma resposta