Foto: Ascom CMP/divulgação

Realizada na manhã desta sexta-feira (14), a audiência pública que debateu na Casa Plínio Amorim a problemática do suicídio, infelizmente não atraiu as atenções que merecia o tema.

Apenas dois vereadores compareceram ao debate. Um deles foi Rodrigo Araújo (PSC). O outro foi Ruy Wanderley (PSC), justamente o autor da proposta que solicitou a audiência pública.

Pela prefeitura a secretária de Saúde Magnilde Albuquerque marcou presença. Faltou mesmo o principal: público. Se a sociedade de Petrolina, que foi convidada a participar do encontro, não deu o ar da graça, fica difícil cobrar dos vereadores que também façam sua parte. Lamentável.

Foto: Ascom CMP/divulgação

Fonte

Deixe uma resposta