Brasil não reconhece independência da Catalunha

O Ministério de Relações Exteriores informou que não reconhece a independência da Catalunha. Os parlamentares catalães aprovaram, nesta sexta-feira a separação da região da Espanha.

“O governo brasileiro acompanha com atenção os desdobramentos relativos à Catalunha, rejeita a declaração unilateral de independência e reitera seu chamado ao diálogo com base no pleno respeito à legalidade constitucional e na preservação da unidade do Reino da Espanha”, afirmou o Itamaraty, em nota.

Em reação aos separatistas, o primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy, destituiu o líder catalão, Carles Puigdemont, dissolveu o Parlamento catalão e convocou novas eleições regionais para 21 de dezembro.

Até esta data, a vice-presidente da Espanha, Soraya Sáenz de Santamaría, fica responsável pela Catalunha. Ela assumiu a maior parte das funções da presidência e vice-presidência da região neste sábado (28).

Em pronunciamento na TV neste sábado, Puigdemont pediu aos catalães uma “oposição democrática” à intervenção do governo espanhol e afirmou que só o parlamento regional pode eleger ou demitir governantes catalães.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here