Bretas desabafa após ser criticado sobre suposto elogio a Lula

O juiz Marcelo Bretas desabafou, nesta sexta-feira (08), sobre os ataques que tem recebido das redes sociais. Antes da audiência com o ex-governador do Rio, Sérgio Cabral, Bretas disse que tem pessoas que confundem as coisas. “Juiz é humano”.

O magistrado foi muito criticado após, na semana passada, tecer um rápido tipo de consideração ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Lula era testemunha de Cabral. Bretas disse que Lula era muito importante ao país. Ele ressaltou que aos 18 anos de idade chegou a participar de um comício do petista, onde tinha um milhão de pessoas. “Eu estava lá usando o boné e a camiseta com seu nome”.

Esse comentário do juiz causou uma reação negativa daqueles que não concordam com os crimes cometidos pelo ex-presidente. O magistrado da Lava Jato do Rio explicou que o juiz não deve ser uma máquina e mais do que qualquer um tem que respeitar a humanidade. “Acham que juiz não tem que ser humano”, disse.

Ação igual para todos

Bretas afirmou que todas as suas atitudes são feitas independente de quem é o preso. A condição financeira de cada um não importa, disse.

O juiz afirmou que o país está muito sensível politicamente. O respeito não pode faltar. “Juiz não é inimigo de ninguém”.


Post Views:
3

Deixe uma resposta