Cinco pessoas feridas no acidente envolvendo uma carreta, um micro-ônibus e dois carros na BR-242 em Seabra, na Chapada Diamantina, continuam internadas em estado grave em hospitais de Salvador.

De acordo com o inspetor Glauber Nunes, da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que é responsável pelo caso em Seabra, bem como com a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), três dos feridos foram encaminhados ao Hospital Geral do Estado (HGE).

Ainda segundo Glauber Nunes, os outros 21 feridos na colisão estão recebendo atendimento no Hospital Geral da Chapada, em Seabra, sem previsão de alta. “Eu entrei em contato com a assistente social que cuida do caso e, de acordo com ela, alguns dos pacientes, os que estão em melhor estado, devem ser liberado em breve para prestar depoimento à polícia e ajudar a elucidar as causas do acidente”, disse.

O acidente provocou a morte de seis pessoas, sendo quatro da mesma família. As vítimas, segundo a 13ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior, foram identificadas como Angeline da Silva Costa, 33 anos, Rosalvo Ferreira da Costa, 60 (pai de Angeline), Thalita Ribeiro da Silva Lopes, 31, Delma Ribeiro da Silva, 55 (mãe de Thalita), Rebeca Silva Oliveira, Simoni Otilia Gomes Silva, cujas idades não foram divulgadas.

O inspetor da PRF, Glauber Nunes, explicou que as famílias ainda não fizeram a liberação dos dois corpos encaminhados ao Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Irecê, no centro norte baiano. “Por isso, ainda não há previsão de sepultamento das vítimas, porque as famílias precisam chegar para reconhecer e liberar os corpos”, destacou. Também não se sabe quando será o enterro das vítimas da mesma família, que foram levadas ao DPT de Jacobina.

No momento do acidente, que aconteceu NA quinta-feira (3), os dois carros, o micro-ônibus e a carreta estavam em um trecho de ladeira na BR-242. Quando a descida acabou e começou uma subida, o carro e o micro-ônibus reduziram a velocidade por causa de um radar.

O caminhão, que vinha logo atrás, acabou perdendo o controle e bateu no fundo do micro-ônibus, que atingiu um veículo modelo Gol branco. O micro-ônibus capotou e passou por cima de um outro carro que estava estacionado, um Celta vermelho. O caminhão parou quando bateu em um muro.

Todas as vítimas fatais eram passageiros do micro-ônibus. O motorista do caminhão, identificado como Abdon dos Santos Cruz, de 33 anos, estava, no momento do acidente, com o documento de identificação do proprietário do veículo, Antonio Messias Ferreira da Silva, 52. O estado de saúde dele ainda é delicado.

O Blog ainda averiguou, que um conhecido jovem que era morador do bairro Alto do Cruzeiro, em Juazeiro (BA) estava no veículo e permanece no hospital, juntamente com a irmã e o sobrinho que se encontram em observação. Ele teve ferimentos na cabeça.

Confira a lista mortos:

Simoni Otilia Gomes Silva
Angeline da Silva Costa 12/11/85 (33 anos)
Rosalvo Ferreira da Costa 07/02/58 (60 anos)
Delma Ribeiro da Silva 19/04/63 (55 anos)
Thalita Ribeiro da Silva Lopes 09/06/87 – Filha de Delma (31 anos)
Rebeca Silva Oliveira

Fonte

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here