O senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) continua em Brasília, mas sem tirar o olho de Pernambuco. Antenado, ele vai dividindo o seu tempo entre as obrigações do senado, na liderança do governo e articulando os caminhos com os dois olhos em 22. Aliás, no gabinete do senador é comum encontrar prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e lideranças diversas com os seus rosários de solicitações.

Só nesta quarta-feira (24), em Brasília, o prefeito de Toritama, Edilson Tavares, de Timbaúba, Marinaldo Rosendo de Parnamirim, Nininho, de Moreilândia, Teto Teixeira, de Lagoa Grande, Vilmar Capellaro, de Cortês, Fátima Borba, e de Condado, Antonio Cassiano.
Fernando é bicho politico jeitoso. Ouve, entende e estende o seu apoio esperando a reciprocidade. Ele sabe que precisa construir os melhores relacionamentos e aliança porque vem pela frente uma eleição complicada. Tirar a hegemonia do PSB passa primeiro por fazer o dever de casa e unir as oposições. Tarefa mais que difícil, dado a interesses divergente.

O senador vai precisar conversar com políticos da velha guarda e da nova politica para tentar um entendimento que não tem nem em seu próprio partido o MDB, que ainda anda alinhado com o PSB do governado Paulo Câmara. Na política não é fácil, todo mundo fala em interesse coletivo, quando o seu vem em primeiro lugar. Depois que construir o caminho nas oposições o senador vai resolver a vida em casa. Tem dois filhos candidatos a reeleição, não admite tomar o lugar de nenhum deles e caso Miguel seja o candidato a governador pode admitir não disputar. Perdas e ganhos da política.

Emergência na terra da uva: Mesmo com as chuvas no sertão o drama da seca continua. Em Lagoa Grande, sertão do São Francisco, o prefeito Vilmar Cappellaro acaba de decretar situação de Emergência por conta da estiagem. “As chuvas não fizeram água”, disse ele.

A estreante líder: Ainda em Lagoa Grande uma vereadora de primeiro mandato mal assumiu e já virou líder do governo na Câmara. Werliane Araujo (PSB) não deve ter grandes trabalhos com a oposição enfraquecida na Casa.

O terceiro secretário: Em Tabira, sertão do Pajeu, o segundo mês do ano nem acabou e a secretaria de Administração do município vai para o terceiro secretário para ser nomeado. O novo secretario será o advogado Cesar pessoa que só espera a licença da OAB para ocupar a pasta.

Jarbas e a escavadeira: O senador Jarbas Vasconcelos, que anda meio fora da mídia, assegurou para a cidade de Itapetim mais uma escavadeira para ajudar os moradores do interior. Através de emenda parlamentar, liberou a maquina em um investimento de 350 mil reais.

O prefeito chiou: O prefeito de Limoeiro, Orlando Jorge (Podemos) chiou com a equipe do governador Paulo Câmara (PSB). Ele só foi incluído nas medidas de restrição por informações repassadas pela imprensa, “Ninguém me deu, sequer, um telefonema para informar”, reclamou.

Fonte: Blog do Carlos Britto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here