Fernando Bezerra parte para o ataque com o MDB

Em que pese todo o inferno astral que está vivendo, o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) segue fazendo o que mais gosta e sabe fazer: política partidária.

FBC comemorou as novas adesões ao partido em Pernambuco. Em Afogados da Ingazeira, filiou um fortíssimo Totonho Valadares, lideranças dos Sertões do Pajeú e do Moxotó também ingressaram na legenda. O deputado federal e presidente estadual do MDB, Raul Henry, participou do evento junto com o deputado estadual Antonio Coelho (DEM).

Além de Totonho, o partido recebeu ex-prefeitos, vereadores e lideranças dos municípios de Betânia, Carnaíba, Flores, Iguaracy, Ingazeira, Mirandiba, Petrolândia, Santa Cruz da Baixa Verde, São José do Belmonte, Tabira, Tacaratu e Triunfo. Os novos emedebistas disputarão as eleições municipais de 2020.

Este ato partidário tem um simbolismo muito forte para o MDB e para o futuro de Pernambuco. Raul, o senador Jarbas Vasconcelos e eu estamos alinhados com uma missão, que é tornar o MDB ainda mais forte. Vamos percorrer todo o Estado e vamos colocar o MDB como um dos principais protagonistas da cena política de Pernambuco”, destacou.

Também no sábado, o senador selou parceria com a prefeita de Pesqueira, Maria José (PRP/foto).

Na capital FBC conversou, neste domingo (29), com o ex-prefeito de Paulista, Yves Ribeiro, sobre as eleições municipais de 2020. Também participaram o atual vice-prefeito do município, Jorge Carrero (PV), o ex-vice-prefeito Dufles Pires e o empresário Jurandir Filho.

Fernando ressaltou que a eleições 2020 serão a primeiras sem coligações proporcionais, o que causará uma mudança na correlação das forças políticas. “Vamos assistir à redução do número de partidos. Isso já vai ocorrer agora. E os candidatos a vereador terão que escolher as legendas fortes. E isso também vai ocorrer na eleição de 2022, nas Assembleias Legislativas e no Congresso Nacional. O MDB, que tem uma larga história, se coloca para permanecer como um dos grandes partidos do Brasil. Por isso a base partidária tem que se mobilizar, como estamos fazendo e faremos nos próximos meses, quando receberemos quadros importantes para as disputas municipais“, completou.

Pré-candidatos além da conta

Está mais do que provado que a oposição em Juazeiro (BA) anda mais perdida que ‘cego em tiroteio’. Segundo informações, são cerca de 20 pré-candidatos dispostos a enfrentar Paulo Bomfim (PCdoB). Desses 20, boa parte nunca conversou com os principais nomes – aqueles considerados ‘medalhões’ da política local. Se não houver um consenso entre os postulantes, é provável que o grupo do PCdoB leve mais uma. Quem viver, verá.

Será que sai?

Em meio ao fogo cruzado entre as bancadas de oposição e situação na Câmara Municipal de Petrolina, já se cogita até CPI para analisar as contas de ex-prefeitos da cidade. Um deles é justamente Julio Lossio (PSD), que antecedeu o atual Miguel Coelho (sem partido). Mas às vésperas de um ano eleitoral, quando os senhores vereadores precisarão se mobilizar para renovarem os mandatos, será que essa CPI sai mesmo?

Fonte: Blog do Carlos Britto

Deixe uma resposta