Campus Sede da Univasf, no Centro de Petrolina. (Foto: Blog do Carlos Britto)

Formatura online: Em tempos de coronavírus, é o que resta

Os tempos são mesmos diferentes, estranhos. Na última sexta-feira (24) uma turma de 32 estudantes de Medicina da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), em Petrolina, colou grau. A cerimônia de colação foi antecipada e realizada via web conferência pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), devido à suspensão das atividades presenciais na instituição desde o dia 19 de março, em virtude da pandemia do novo coronavírus.

Ainda assim a cerimônia não foi fria. A solenidade foi presidida pelo pró-reitor de Ensino, Manoel Messias, que concedeu o grau aos formandos. Também estiveram presentes a vice coordenadora do Colegiado de Medicina do Campus Sede, Dinani Matoso Fialho de Oliveira Armstrong; o presidente da Comissão responsável pela elaboração, acompanhamento e monitoramento de ações de prevenção do coronavírus, Anderson Armstrong; o pró-reitor de Extensão, Itamar Santos; e a estudante Eveline Cerqueira, que representou a 20ª turma de Medicina do Campus Sede a se formar.

Após a solenidade, os formandos compareceram à Reitoria, em horários marcados, para assinar a ata de colação de grau.

A cerimônia de colação também contou com a participação a distância do reitor Pro tempore, Paulo César Fagundes.

Em seu discurso, ele destacou que, a partir de agora, os novos profissionais formados pela Univasf têm o relevante papel de atuar no combate à Covid-19 e devem ter sempre um olhar humano para o paciente.

Outros dez estudantes do curso deverão colar grau ainda nesta semana. Segundo a Reitoria, também está em fase de planejamento a colação de grau da turma de Medicina do Campus Paulo Afonso. A antecipação da colação de grau dos estudantes de Medicina tem o objetivo de contribuir para a ampliação do número de profissionais de saúde que atuam nas unidades hospitalares da região do Vale do São Francisco durante a pandemia da Covid-19. Esta é uma ação que integra as estratégias da gestão pro tempore da Univasf no enfrentamento à disseminação do novo coronavírus.

O medo e as explosões

A comunidade de fundo de pasto Angico dos Dias, localizada no município de Campo Alegre de Lourdes (BA), tem convivido com o medo diário de contaminação pelo coronavírus, e não é de hoje. A mineradora de fosfato instalada na comunidade não parou suas atividades. Caminhões e trabalhadores da empresa que vêm de outros municípios continuam circulando no território. Além desse fluxo de pessoas, a comunidade foi novamente surpreendida na tarde da última sexta-feira (24) com novas explosões da mineradora, aumentando a insegurança em um momento já difícil provocado pela pandemia.

Detentos vacinados

Reeducandos do sistema prisional de Pernambuco estão sendo vacinados contra gripe. A Secretaria de Saúde do Estado (SES-PE), responsável pela programação da campanha, iniciou o calendário na quinta-feira (23). Foram imunizadas, até o momento, 19.623 pessoas privadas de liberdade. Das 23 unidades prisionais, 20 já foram contempladas.  A meta é vacinar 100% da população carcerária, em torno de 31 mil detentos.

A vítima de Terra Nova

A Prefeitura de Terra Nova informou à população a respeito do óbito por Covid-19 registrado no município, no último sábado (25). A vítima era do sexo feminino, tinha mais de 80 anos e com histórico de hipertensão, diabetes e problemas cardíacos. Ela faleceu há cerca de 10 dias, no Hospital Regional de Salgueiro, mas só na noite do sábado as autoridades de Terra Nova tomaram conhecimento do teste positivo para Covid-19.

Aguardando

Em mais uma atualização do Boletim Epidemiológico, ontem (27), a Secretaria de Saúde de Sobradinho informou que o município permanece aguardando resultados dos exames para um caso suspeito de coronavírus e dois casos suspeitos de H1N1. O município seguem acompanhando e monitorando domiciliarmente de 133 pessoas.

Não poupa ninguém

O ex-prefeito de Tabira, médico Josete Amaral, contraiu o Covid-19. Ele disse que foi acometido atendendo pacientes suspeitos e sem fazer uso de EPIs necessárias, e que teve dores de cabeça, pouca febre e nenhuma tosse. Ele não foi internado e permanece em isolamento em sua residência.

Fonte: Blog do Carlos Britto

Deixe uma resposta