Com mudanças e a saída de Gilmar Mendes TSE deve se tornar uma instituição mais justa

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral)  passará  mudanças ao longo dos próximos meses por especificamente, três alterações na composição vão dar cara nova ao perfil da Corte e deve torná-la mais rigorosa no julgamento de políticos, avaliam especialistas.

Com a saída do ministro Gilmar Mendes da Corte Eleitoral em fevereiro, o TSE será presidido pelo atual vice-presidente Luiz Fux, eleito para o posto em dezembro, até agosto, quando ele também deixa o tribunal.


Post Views:
78

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here