Mais um caso de desvio de água foi identificado pela Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) em Petrolina. Desta vez, segundo a empresa, o flagrante foi feito na tarde de ontem (5), em uma galeria de lojas na Avenida da Integração. Acompanhados da Polícia Civil, funcionários da Compesa desfizeram a ligação.

A fraude foi identificada a partir do estudo do perfil do imóvel que apresentava um consumo bem inferior à média registrada por imóveis do mesmo porte. O cálculo sobre a quantidade desviada e os prejuízos para a Companhia serão realizados pela Gerência de Petrolina.

Segundo a Compesa, de janeiro até agora, mais de mil ocorrências desse tipo já foram registradas em imóveis da cidade. “Utilizamos a tecnologia para a identificação das fraudes. Os critérios se baseiam, dentre outros, na análise do perfil do imóvel, como número de moradores, área construída, consumo e tipo de construção“, explica o gerente de Negócios do São Francisco, João Raphael Queiroz.

Fonte

Deixe uma resposta