(Foto: Arquivo)

O diretor-presidente da Agência Reguladora do Município de Petrolina (ARMUP), Rubem Franca, apresentou ao Blog Fala Petrolina um documento no qual comprova a responsabilidade da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) em relação ao esgotamento sanitário do loteamento Vale Dourado.

LEIA TAMBÉM:

Diretor-presidente da ARMUP afirma que documentação comprova responsabilidade da Compesa sobre Vale Dourado

Por meio de uma nota enviada ao Blog, a Compesa voltou a afirmar que não compete a ela operação o sistema de esgotamento do referido loteamento, tendo em vista que não houve a transferência de titularidade do loteador à companhia.

A nota reafirma o já dito na resposta anterior, de que os serviços eram executados sempre que solicitados pelos moradores. O que não configura responsabilidade pela ausência dessa transferência. A Compesa também abordou a questão do calçamento da Orla 2, alegando não fazer sentido a multa aplicada pela ARMUP.

Confira a seguir a íntegra da nota:

Nota para blog de Fala Petrolina

A Compesa reafirma que a operação da estação elevatória do sistema de esgotamento sanitário do loteamento Vale Dourado não é de responsabilidade da Companhia, pois nunca houve a transferência da titularidade do loteador para a Compesa. Apesar disso, a Compesa prestava assistência aos moradores sempre que era solicitada para fazer desobstruções, uma vez que o esgoto do loteamento era bombeado para a Estação de Tratamento da Companhia.

Sobre a reposição do calçamento da Orla 2, o serviço foi concluído, portanto a multa citada pelo presidente da Armup não faz sentido. A Compesa está executando outras reposições em ruas do bairro Atrás da Banca após obras para retirada de ligações clandestinas de esgoto em galerias de águas pluviais.


WP

Deixe uma resposta