A comunidade católica de Juazeiro (BA) contará os dias, a partir de hoje (28), para a realização do Congresso Mariano Diocesano, marcado para o próximo dia 8 de outubro. O evento religioso é alusivo à comemoração pelos 300 anos do achado de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil.

O congresso acontecerá na igreja que leva o nome da Santa, no Bairro João Paulo II, a partir das 8h, durante todo o dia, e irá reunir cerca de 2 mil pessoas de nove cidades do norte baiano para momentos de devoção em homenagem à Mãe de Jesus. Uma coletiva foi realizada na manhã desta quinta-feira (28) para apresentar os detalhes do evento (foto).

O vice-presidente da CNBB e arcebispo de Salvador, Dom Murilo Krieger, que recentemente lançou um livro sobre a Virgem Maria, já confirmou presença em Juazeiro. A programação inclui palestra, bate-papo com o conferencista, apresentações artísticas, momentos de espiritualidade e a Santa Missa no encerramento. A entrada é gratuita, mas quem se inscrever oficialmente no evento terá direito a um kit mariano (com bolsa, livreto de cantos e anotações, caneta, uma caneca e um leque), além do almoço no local.

Velho Chico

Uma das temáticas a serem tratadas no evento será a defesa do Rio São Francisco e a convivência com o semiárido. O assunto será apresentado em parceria com o Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada (IRPAA). A entidade preparou textos para serem distribuídos aos congressistas junto com o kit mariano. A parceria está em sintonia com a preocupação do Papa Francisco com as questões ambientais.

Nós nos preocupamos bastante com a situação do Rio São Francisco, o que inclui a privatização da Chesf. Para nós isso pode significar também uma privatização das águas do rio“, alertou o bispo de Juazeiro, Dom Beto Breis, criticando ainda o projeto de transposição do Rio Tocantins para o Velho Chico. “Uma pessoa anêmica não pode doar sangue. O Rio Tocantins também está passando por uma situação difícil. Fazer outra transposição é descobrir um santo para cobrir outro. E também não sabemos que interesses realmente estão por trás disso“, alfinetou. “Há outras formas de resolver o problema do Rio São Francisco, recuperando os mananciais, investindo em revitalização“, completou o líder religioso.

Inscrições

As inscrições para o Congresso Mariano podem ser feitas em todas as Paróquias da Diocese de Juazeiro – que inclui também as cidades de Uauá, Casa Nova, Sobradinho, Pilão Arcado, Curaçá, Remanso, Campo Alegre de Lourdes e Sento Sé. Segundo a Diocese, o evento já conta com cerca de mil inscritos. Os interessados podem ainda adquirir a camisa do evento, também nas paróquias. As informações são da assessoria. (Foto/divulgação)



Fonte

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here