Passamos da metade do ano de 2020 e julho chegou. Esse é o mês de férias escolares e, na maior parte do país, o tempo costuma ser ótima oportunidade para as observações astronômicas. Isso porque as noites são mais limpas e estreladas nessa época do ano. Não nos faltam motivos para olhar para o céu e apreciar tudo que o universo oferece. O nosso inverno é a melhor época para admirar o esplendor da Via Láctea, a galáxia onde o nosso Sistema Solar se encontra. Em lugares mais afastados das luzes urbanas, pode-se ver seu brilho tênue atravessando o firmamento de horizonte a horizonte, dominado pelas constelações brilhantes de Escorpião e Sagitário.

E pro mês de julho ficar ainda mais especial, teremos eclipse lunar, chuva de meteoros e as melhores oportunidades para observar os planetas Júpiter e Saturno. Esse é, de fato, um prato cheiro para os amantes da astronomia. E foi pensando um pouco sobre isso que decidimos trazer essa matéria. A redação da Fatos Desconhecidos buscou para você, caro leitor, o calendário celeste de julho. Confira conosco a seguir e surpreenda-se. Aproveite para compartilhar com seus amigos e, sem mais delongas, vamos lá.

Calendário Celeste do mês de julho

Dia 5: Lua na Penumbra

Pelo segundo mês consecutivo, teremos um eclipse lunar penumbral. Isso, com a Lua atravessando a região menos escura da sombra que o nosso planeta projeta no espaço. Desta vez, poderemos acompanhar esse fenômeno aqui no Brasil, mas não é nada espetacular. O eclipse será perceptível entre as 00:07 e 02:52 na madrugada do dia 5. O seu máximo será 01:29 da madrugada.

Dia 14: A Noite de Júpiter

Júpiter é o maior planeta do Sistema Solar e atinge sua oposição, termo astronômico que significa que o planeta estará em oposição ao Sol na esfera celeste. É nesse momento que poderemos vê-lo melhor, pois estará mais alto no céu e visível durante mais tempo. Júpiter pode ser visto no rumo da constelação de Sagitário. O planeta brilhará mais do que qualquer estrela.

Dia 20: O Senhor dos Anéis

Do lado do planeta Júpiter, está saturno. No mês de julho, também atinge a oposição. Um pequeno telescópio mostrará seus anéis delicados e algumas de suas maiores luas, como Titã. Será  uma visão inesquecível.

Dia 28: Meteoros em Aquário

No final de julho acontecerá uma chuva de meteoros Delta Aquarídeos do Sul. Essa será causada por detritos deixados pelo cometa 96P/Machholz. Esses meteoros aparentemente se originaram na constelação de Aquário. Eles poderão ser vistos por todo o céu. Trata-se de um fenômeno que é melhor apreciado de céu bem escuro. Nesse dia, olhe para o leste a partir das 21h. O melhor horário para ver será as 01h00.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comente então pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Vale sempre lembrar que o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento. Aproveite para fazer um tour pelas curiosidades do nosso site.

Deixe uma resposta