Um pescador norte-americano está processando um piloto de lancha que bateu em seu barco, obrigando ele e seus passageiros a mergulharem no rio. Duas câmeras GoPro capturaram o momento dramático.

A lancha motorizada, de 9,5 metros, pertencente a Marlin Lee Larsen, abalroou o barco de pesca de 6 metros de Bryan Maess, 47 anos. O acidente aconteceu perto da foz do rio Columbia junto ao Oceano Pacífico, no estado do Oregon.

A incrível colisão ocorreu em 12 de agosto do ano passado, mas somente agora as imagens foram divulgadas.

O filme mostra Bryan, que pescava com os passageiros Christopher McMahon, 46 anos, e Roni Durham, 57, agitando os braços freneticamente e gritando para tentar chamar a atenção do barco, que avançava na direção deles.

Estado em que ficou o barco dos pescadores após a colisão (Facebook)

Como a lancha não muda de rota e já está prestes a bater neles, os três pescadores acabam pulando nas águas geladas do rio. A lancha passa por cima do barco, causando sérios danos. Bryan e seus amigos sofreram ferimentos leves.

Em depoimento à Polícia, Marlin Larsen, que tem 75 anosde idade, disse que bateu nos pescadores por que não conseguiu ver o outro barco da posição em que se encontrava. Mas um dos passageiros do barco atingido disse à polícia que viu o idoso usando seu celular enquanto dirigia a lancha, fato negado pelo piloto.

A polícia concluiu que Marlin não fez uso de drogas ou álcool no dia do acidente, mas o acusou de pilotar a lancha de forma imprudente. Ele sofre acusações por imprudência e agressões em quarto grau. O piloto se declarou inocente de todas as acusações.

Agora, Bryan apresentou uma ação judicial pedindo indenização no valor de 372 mil dólares contra Marlin. Nela, afirma ter sofrido problemas de visão e de ainda estar usando uma proteção no joelho, seis meses após o acidente. Christopher e Roni contrataram advogados e planejam apresentar suas próprias ações judiciais.

Roni também teria sofrido trauma psicológico e não conseguiu mais voltar para um barco desde então.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here