Eldorado – anteriormente chamada de Xiririca – é uma cidade do interior de São Paulo que poucas pessoas do Brasil conheciam, até pouco tempo atrás. A 245 quilômetros da capital paulista, a pequena região abriga cerca de apenas 15 mil pessoas. Porém, o status-quo do município está prestes a mudar drasticamente, uma vez que um dos seus nativos estará a frente da presidência da nação nos próximos quatros anos – 2019 até 2022. Jair Messias Bolsonaro, ou simplesmente Bolsonaro, será o 38° presidente da República Federativa do Brasil. Com 63 anos de idade e se recuperando de um atentado à facada sofrido em meio a campanha, no mês de setembro,  ele assumirá a 8° maior economia do mundo em meio a uma crise que já a assola há alguns anos, em especial, ao ingressar na pior recessão técnica da história do país.

Ele assumirá o pleito pelo Partido Social Liberal (criado em 1994), tendo como vice-presidente Antônio Hamilton Martins Mourão, político e general da reserva do Exército Brasileiro. Porém, o grande destaque da equipe de Bolsonaro é o seu “guru econômico”, Paulo Guedes. O economista brasileiro, que possui certa fama devido a alguns artigos publicados no jornal O Globo no passado, é Mestre e P.hD. pela Universidade de Chicago e também foi professor da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

Continue comigo que vou lhe apresentar um pouco mais sobre Jair Messias Bolsonaro, o novo presidente do Brasil.

Juventude

Jair Messias Bolsonaro é filho do dentista Percy Geraldo Bolsonaro, que morreu em 1995, e da dona de casa Olinda Bonturi Bolsonaro, de 89 anos. Com seus cinco irmãos, cresceu no município do interior de São Paulo, Eldorado. Apesar de efetivamente ter nascido em Campinas, em 1955, ele viveu sua infância e juventude na antiga Xiririca até os 18 anos de idade. Quando adolescente, por volta de 1970, começou a se relacionar e construir amizades com oficiais do exército. Não demorou muito para que, em 1977, ele se formasse na Academia Militar das Agulhas Negras. Após isso, ele serviu no exército de Nioaque, no Mato Grosso do Sul, entre 1979 até 1981.

Após tal período, ele cursou e se formou em Educação Física pelo Exército. Na década de 1980, Jair enfrentou alguns problemas com o exército brasileiro que lhe renderam dois processos disciplinares. Após ser afastado do exército, ele iniciou sua carreira política.

Família

Bolsonaro já foi casado três vezes. A primeira vez foi com Rogéria Nantes Nunes Braga, a segunda foi com Ana Cristina Valle e a terceira, e atual, esposa é Michelle de Paula Firmo Reinaldo. Com sua primeira esposa ele teve seus três primeiros filhos. Flávio Bolsonaro, deputado estadual de 37 anos, Carlos Bolsonaro, vereador de 35 anos, e Eduardo Bolsonaro, deputado federal de 34 anos. Com sua segunda esposa ele teve o seu quarto filho, Jair Renan Bolsonaro. O garoto de 20 anos já mostrou que pretende seguir os passos de seus três irmãos mais velhos e de seu pai, aproximando-se da política. Sua caçula, de 7 anos, Laura Bolsonaro, é filha da sua terceira esposa.

Carreira

Bolsonaro assumiu seu primeiro cargo político em 1989, iniciando sua carreira política como vereador pelo Partido Democrata Cristão (PDC). Já em 1990, ele se afastou do cargo para se tornar deputado federal pelo Rio de Janeiro. Ele esteve presente na Câmera durante mais de 20 anos. Durante todos esses anos, ele passou por seis partidos políticos, sendo eles: Partido Progressista Reformador (PPR) (1993-1995), Partido Progressista Brasileiro (PPB) (1995-2003), Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) (2003-2005), Partido da Frente Liberal (PFL) (2005), Partido Progressista (PP) (2005-2016), Partido Social Cristão (PSC) (2016-2017) e, por último, Partido Social Liberal (PSL) (2018).

Em seus 27 anos como deputado federal, Jair Messias Bolsonaro foi autor de 642 projetos de lei, dos quais, apenas dois foram aprovados durante todos esses anos. Além disso, ele sempre foi conhecido na mídia por falar o que pensa e ter posicionamentos polêmicos.

Propostas

Bolsonaro, junto de sua equipe, conquistou grande parte dos brasileiros devido sua proposta de ser uma alternativa diferente do cenário político nacional, além de levantar uma bandeira anti-corrupção. Em entrevista ao Jornal Nacional, no dia 20 de outubro, Bolsonaro falou sobre acabar com a reeleição, inclusive da sua própria. Esse tópico estaria dentro de uma reforma política que o presidente pretende aplicar. Apesar disso, ele demonstrou interesse em aumentar de 4 para 5 anos o tempo de mandato de um presidente. Ele também já mostrou interesse em diminuir a bancada do congresso. Se hoje existem 513 deputados, ele estaria disposto a reduzir esse número para 400.

Quando o assunto é economia, ele prometeu diminuir a burocracia para poder se abrir e fechar uma empresa em até 30 dias. Ainda nesse campo, ele pretende reduzir a carga tributária para atrair empresas estrangeiras para o país, assim como fazer uma reforma administrativa para reduzir gastos. Ele também pretende privatizar ou extinguir algumas estatais, inclusive os Correios também pode ser privatizado. Contudo, Eletrobras, Banco do Brasil, Caixa Econômica e outros considerados estratégicos serão mantidos em gestão estatal. No salário do brasileiro, ele quer a IR com alíquota única de 20% e isenção na faixa de mais de 5 salários mínimos e também diminuir os impostos na folha de pagamento.

Entre as propostas mais polêmicas está a diminuição da maioridade penal de 18 para 16 anos, o fim do sistema de cotas e liberar A posse de armas para o cidadão. Você já conhecia essas informações sobre Bolsonaro? Comenta aqui com a gente e compartilha nas suas redes sociais.

Fonte

Deixe uma resposta