Adolf Hitler foi um político alemão que serviu como líder do Partido Nazista, Chanceler do Reich e Führer da Alemanha Nazista de 1934 até 1945. Como ditador do Reich Alemão, ele foi o principal instigador da Segunda Guerra Mundial na Europa e figura central do Holocausto. Todos vocês já devem ter lido matérias sobre Hitler aqui na Fatos Desconhecidos, certo?

Bom, hoje resolvemos falar de outra pessoa, mas que ainda faz parte da família de Hitler. O nazista deixou parentes depois de morrer, incluindo três sobrinhos-netos (Brian, Louis e Alexander). Brian e Louis inclusive moram nos Estados Unidos, exatamente na cidade de Nova York.

Os sobrinhos-netos de Hitler

Há uma bandeira americana erguida no jardim da frente dos irmãos Brian e Louis. A casa deles é cercada por um muro, talvez para esconder um segredo que pouca gente conhece. Os caras são os últimos Hitlers, e talvez essa seja a razão por terem uma casa mais segura. Os irmãos guardam o segredo para si mesmos.

Filhos de William Patrick Hitler e sobrinhos de Hitler, William nasceu no Reino Unido mas emigrou para os EUA ainda em 1930. Ele se alistou na marinha americana e chegou a combater nazistas na Segunda Guerra Mundial, talvez por isso seu tio ditador não gostasse do sobrinho.

Depois da guerra, William se mudou para a cidade de Long Island, junto de sua mulher. Com o objetivo de poupar a família de passar vergonha por causa do sobrenome, eles resolveram mudá-lo para “Hiller”. Depois, adotaram um sobrenome americano, o qual é mantido em sigilo.

Há vinte anos, um livro do autor britânico David Gardner revelou que a família ainda existia. Os últimos Hitler da linhagem masculina. Eles sempre preferiram o sigilo. Em 2006, por exemplo, repórteres do The New York Times os encontraram, mas eles não disseram uma palavra sequer.

O terceiro irmão também mora em Nova York, no norte da ilha. Mas assim como os seus outros dois irmãos, eles preferem não falar com a imprensa. William e Louis moram em uma casa de madeira, com um gramado na frente e várias plantas de vaso.

Recentemente, uma repórter do jornal alemão Bild, em uma rara ocasião, conseguiu arrancar algumas palavras de Alexander, de 68 anos de idade. Perguntado sobre Angela Merkel, ele respondeu o seguinte: “Gosto dela. É uma pessoa boa. Ela parece ser inteligente”.

Os irmãos Hitler são eleitores do partido Republicano, mas por incrível que pareça, ao menos segundo Alexander disse, não são fãs de Donald Trump. “A última pessoa que eu diria que admiro é Donald Trump. Ele não é um dos meus políticos favoritos, definitivamente”, disse Alexander em relação ao presidente norte americano.

Bom, o que sabemos é que eles não são culpados pelo que seu parente fez. Na verdade, eles podem ser pessoas excelentes e legais, apenas carregam o peso do nome de um dos caras mais odiados do mundo.

Fonte

Deixe uma resposta