Numa nota divulgada pela assessoria da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), o Conselho Universitário (Conuini) da instituição justificou a aprovação do título de Doutor Honoris Causa ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O pedido da concessão do título foi apresentado pelos professores João Alves do Nascimento Junior e Lino Marcos da Silva. De acordo com a assessoria, a proposta teve por base as contribuições do ex-presidente à interiorização do ensino superior no Brasil e à consolidação da Univasf. A data da entrega dos títulos aos homenageados ainda será marcada.

Além do título ao ex-presidente Lula, aprovado na sessão do último dia 29/09, o Conuni também aprovou a concessão da honraria a arqueóloga e fundadora da Fundação Museu do Homem Americano (Fumdham), Niède Guidon.

Título

A concessão do título de Doutor “Honoris Causa” na Univasf é regulamentada pela Resolução Nº 4/2016 do Conuni, que estabelece os critérios para a homenagem. De acordo com a Resolução, o título pode ser concedido “a personalidades nacionais ou estrangeiras, não pertencentes à Univasf, que tenham contribuído, de modo notável, para o progresso das ciências, letras, artes ou cultura e aos que tenham beneficiado de forma excepcional à humanidade, ao país, ou prestado relevantes serviços à Universidade”. A outorga do título Doutor “Honoris Causa” será certificada por diploma. (foto/reprodução)



Fonte

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here