Quando os vereadores de Petrolina retomarem as atividades na Casa Plínio Amorim nesse semestre, pelo menos uma pauta não deve tardar em suscitar questionamentos. As contas de 2010 do ex-prefeito Julio Lossio serão finalmente analisadas?

No final dos trabalhos legislativos de 2018, o líder da bancada governista, vereador Aero Cruz (PSB), disse que, se depender dele, sim. Aero, que foi relator da Comissão de Finanças da Casa, havia dado seu parecer pela reprovação, embasado na assessoria jurídica da Casa.

O problema é que na base governista do atual prefeito Miguel Coelho (PSB) há ex-aliados de Lossio, a exemplo de Ronaldo Silva (PSDB), o qual presidiu a Comissão de Finanças e – ao contrário de Aero – não deu seu parecer. A questão parecer ser mais complexa do que parece e, claro, tem toda uma nuance política. A prerrogativa de colocar a matéria para ser analisada em plenário é do presidente reeleito, Osório Siqueira (PSB), que é aliado de Miguel. O que fará Osório? Os próximos capítulos dessa história, só a partir do dia 5 de fevereiro, quando a Casa volta com as sessões semanais.

Fonte

Deixe uma resposta