A Corregedoria da Polícia Civil de Alagoas investigará a Operação Cavalo de Troia, que resultou na morte de 11 supostos assaltantes de bancos na tarde dessa quinta-feira (8), na cidade alagoana de Santana do Ipanema.

Os onze homens estavam em uma residência na zona rural do município quando foram atingidos pelos disparos. Nenhum policial foi ferido no confronto. Eles chegaram ao local após fugirem da cidade de Águas Belas, no Agreste de Pernambuco, onde supostamente assaltaram uma agência do Bradesco.

De acordo com o chefe operacional da Corregedoria, Élvio Silva, a investigação é um procedimento de praxe e deverá começar após o recebimento do Boletim de Ocorrência. “Quando há um embate com elementos em uma operação como essa, o Ministério Público pede para que seja apurado. E é papel da Corregedoria investigar”, disse.

A Divisão Especial de Investigação e Captura (Deic) coordenou a ação, sob presidência do delegado Fábio Costa, e emitirá o boletim para o início das investigações. Os delegados responsáveis pela operação deverão se pronunciar sobre o caso em uma coletiva de imprensa.

Na residência em que os suspeitos foram encontrados, os policiais apreenderam dois fuzis, quatro espingardas calibre 12, pistolas, coletes à prova de balas e explosivos. Uma caminhonete que teria sido utilizada no assalto também foi achada na casa. (Folha PE)






Fonte

Deixe uma resposta