Diário de Pernambuco

Cerca de 50 homens armados invadiram a cidade de Surubim, a 119 quilômetros do Recife, no Agreste, na madrugada desta terça-feira (10), para assaltar quatro agências bancárias simultâneamente. Com tiros de fuzis e metralhadoras, os assaltaram chegaram em oito veículos, aterrorizando a população, antes de explodir as agências bancárias do Bradesco, Santander, Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal.

Também fizeram três moradores de reféns, antes de instalar as bananas de dinamites na entrada principal dos bancos. Um das vítimas, um policial civil, que teria se recusado a entregar o veículo aos ladrões, foi baleado na perna e está internado no Hospital da cidade. Eles também atearam fogo em um veículo que foi parado estrategicamente na porta do 12º Batalhão da Polícia Militar para impedir a passagem dos pms. O comandante do batalhão coronel Antônio Pereira informou que os policiais ficaram sem ação, uma vez que o poderio de armamento da quadrilha era bem maior e ainda faziam pessoas como reféns. Testemunhas disseram que os bandidos dispararam por mais de dez minutos. Foram apreendidos no meio da rua vários cartuchos de grosso calibre.

Depois que tiveram acesso aos terminais bancários, o grupo fugiu em direção à cidade de Santa Cecília, na Paraíba. Não se sabe quanto foi roubado pela quadrilha. A Polícia diz que somente dois dos bancos tiveram os caixas eletrônicos danificados pelos explosivos. A PM está fazendo rondas na área e em cidades vizinhas para tentar localizar integrantes da quadrilha, mas até agora ninguém foi preso. A polícia comentou que a ação foi semelhante ao assalto à empresa de segurança Brinks, localizada na Avenida Recife, na Estância, Zona Oeste do Recife, em fevereiro do ano passado.

 

BFC

Deixe uma resposta