Cuba não admite às condições impostas pelo novo governo brasileiro para permanecer no programa Mais Médicos.

A validação do diploma e a contratação individual de cada profissional.

A questão do governo cubano é financeira. Querem ganhar dinheiro. Simples assim.

Jamais aceitarão a contratação individual.

Com isso 10 mil médicos cubanos devem deixar o país.

Deixe uma resposta