Delator diz que Edison Lobão cobrou propina até em hospital

Henrique Valladares, ex-diretor de energia da Odebrecht, disse que Edison Lobão foi visitá-lo na UTI de um hospital do Rio para cobrar propina, informa a Época.

A visita, de acordo com a revista, foi relatada por Valladares, hoje delator, em depoimento prestado à Polícia Federal em julho.

“O declarante relata que, em meados de 2012, quando estava internado no Hospital Samaritano, no Rio de Janeiro, em quadro clínico bastante delicado (…), recebeu ‘visita de cortesia’ de Edison Lobão, que, a par de tratar de outros assuntos, não se furtou de reiterar o pedido para que a Odebrecht passasse a realizar pagamentos de propina referentes a Belo Monte, sob o argumento de que as demais empresas já o vinham fazendo há tempos”, diz o depoimento.

Kakay, advogado do senador maranhense, disse que Lobão nega a acusação e que delação “desacompanhada de prova não vale absolutamente nada”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here