O ex-vice presidente da Odebrecht Henrique Valladares foi encontrado morto nesta terça-feira (17) no Rio de Janeiro.

Valadares delatou Aécio Neves, Edison Lobão, membros da CUT e lideranças indígenas.

Segundo a sua delação, R$ 50 milhões foram pagos a Aécio Neves e estavam depositados em contas no exterior.

Valladares também delatou Edison Lobão, a quem teria pago propina na época em que ele era ministro de Dilma Rousseff.

Deixe uma resposta