DEPUTADO CABO DACIOLO PEDE INTERVENÇÃO MILITAR: ‘FORA OS 513 DEPUTADOS, 81 SENADORES E TEMER!’

Câmara dos Deputados, um dos Deputados Federais, o parlamentar Cabo Daciolo (Avante), chegou a falar sobre a necessidade (segundo ele) de #Intervenção #Militar urgente no Brasil.

Polêmicas sobre intervenção militar no Brasil
Principalmente após as constantes divulgações de escândalos de corrupção, descobertos após uma série de investigações, em especial da Operação Lava Jato, algumas pessoas chegaram a utilizar as redes sociais ou mesmo a fazer passeatas, defendendo a necessidade de intervenção militar.

Naquele período, muitas pessoas, inclusive artistas e formadores de opinião fizeram críticas contundentes, no sentido de que eventual intervenção por parte das forças armadas, não só causaria grande ‘retrocesso’, como também traria ‘tristes lembranças’ de um tempo de muitos erros e injustiças.

Ditadura militar
Durante a época da ‘ditadura militar’, como muitos defendem, o governo teve, de fato, avanços na área econômica e em outras áreas específicas, porém, nenhuma nação vive apenas de ‘economia’, muitos formadores de opinião, inclusive aqueles que, na época, foram exilados, por outro lado, são contrários a qualquer forma de ditadura militar, principalmente em virtude dos erros (amplamente reconhecidos) em virtude de desrespeito a direitos humanos, dentre outros.

Crescente apoio à intervenção militar
Com o crescimento da utilização de mídias sociais e redes sociais para compartilhamento de informações e ideias, muitas pessoas passaram a enxergar na intervenção militar uma possibilidade de maior ‘rigidez’, uma vez que os ‘escândalos de corrupção’ deixam a população insatisfeita, principalmente porque o ‘devido processo legal’ é, na prática, demorado.

Cada vez mais, grupos contrários à ‘onda de corrupção’, bem como jovens, na esperança de uma ‘limpeza na corrupção’, acabam aderindo à ideia de ‘regime militar’ para a política.

Polêmicas
Recentemente, um coronel da ativa do exército chegou a declarar durante ‘evento’ privado, que existia a ‘possibilidade’ de intervenção militar, o que causou grande repercussão e inflamou ainda mais os ‘entusiastas’ da ideia.

Porém, após a repercussão das declarações, inclusive com ‘reação’ do governo, o comandante do exército chegou a ‘amenizar a questão’, porém, com uma observação importante, disse que ‘no entendimento do exército, é possível intervenção militar para evitar o caos’, ainda que não seja por solicitação de nenhum dos poderes.

Votação contra Temer
De qualquer forma, na votação sobre o arquivamento da 2ª denúncia contra Temer, mutos políticos contrários ao presidente foram incisivos e o deputado Cabo Daciolo, por exemplo, chegou a pedir em intervenção militar. #Militares

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here