O Desfile em homenagem ao Dia da Independência (7 de Setembro) em Petrolina foi marcado por um incidente no final do evento. Um grupo de manifestantes que participavam do Grito dos Excluídos deste ano confrontou-se com guardas municipais. Os manifestantes disseram que a vereadora Cristina Costa, o deputado Odacy Amorim e o padre Antônio Moreno, que faziam parte da tradicional marcha, teriam sido atingidos por um spray de pimenta jogado contra o grupo.

A prefeitura, no entanto, contestou a informação justificando que, no momento, nenhum dos três estava por perto. Em relação ao spray, a administração explicou que os guardas municipais agiram “em legítima defesa”, porque foram os manifestantes que tentaram agredi-los. (Com informações/TV Grande Rio)



Fonte

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here