A executiva nacional do PMDB decide, na próxima quarta-feira (27), o destino do partido no Estado de Pernambuco. Em pauta, seus integrantes vão analisar e votar o pedido de dissolução do diretório estadual proposto por um aliado do senador Fernando Bezerra Coelho, diante da resistência do grupo do deputado Jarbas Vasconcelos em aceitar a perda do comando da legenda no Estado para o próprio Fernando.

O relator da matéria, já em instância terminativa, é o deputado paulista Baleia Rossi, ligado à base do Governo Temer. Embora não tenha antecipado o seu voto, o mais provável é que acolha o pedido. Como a maioria da executiva é controlada pelo grupo do presidente Michel Temer, é dada como certa a aprovação da dissolução do diretório por uma ampla maioria.

Ao aceitar a filiação de Fernando Bezerra, que deixou o PSB depois de mais de 12 anos, tendo sido eleito pela legenda senador da República em 2014, a cúpula nacional deixou muito claro o desejo de entregar a ele não apenas o diretório em Pernambuco, mas apoiá-lo em qualquer estratégia eleitoral para 2018, que passa pela candidatura dele (FBC) a governador ou dou seu filho, o ministro de Minas e Energia, Fernando Bezerra Coelho Filho.

Antes de convidar Fernando para ingressar na legenda, o presidente nacional do PMDB, Romero Jucá, disse ter tido uma conversa com o deputado Jarbas Vasconcelos e a ele manifestado integral apoio para uma candidatura dele a senador. Mas o parlamentar, além de não aceitar perder o diretório, defende que o PMDB apoie a reeleição do governador Paulo Câmara.

Isso só fez agravar a relação de Jarbas com a direção nacional peemedebista, que deseja que o partido concorra com candidatura própria a eleição de governador não apenas em Pernambuco, mas nos principais estados da Federação. Na reação, o PMDB em Pernambuco chegou a promover um ato de desagravo a Jarbas, que de nada adiantou. A decisão da executiva nacional já está tomada e mesmo que recorra aos tribunais numa briga judicial, o grupo de Jarbas não impedirá que Fernando Bezerra assuma a presidência do diretório estadual. (Blog do Magno)



Fonte

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here