Além dos mototaxistas, outro segmento em Petrolina deve começar a pressionar com mais força o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, para que flexibilize as medidas de combate à pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Com as atividades paralisadas há 4 meses, os donos de bares e restaurantes da cidade ja se articulam nesse sentido.

“Não há mais razão de o Governo do Pernambuco inviabilizar nosso retorno ao atendimento presencial, após tantos meses e com praticamente todo o comércio já funcionando. Não aceitaremos mais calados essa arbitrariedade que está causando falências e desempregos a milhares de famílias”, desabaram os comerciantes, por meio das redes sociais.








Fonte: Blog do Carlos Britto

Deixe uma resposta