Um garoto de apenas 13 anos de idade deixou a cidade de Marietta, no estado americano de Oklahoma, consternada pelo seu ato de bravura e amor ao pai, um cadeirante de 60 anos. Infelizmente, a história dos dois não teve um final feliz.

O relógio marcava 1h da madrugada da última quarta-feira (17) quando um evento inesperado aconteceu. O jovem Thomas Jayvance dormia com sua irmã, de 16 anos, na sala da modéstia casa da família. O pai deles, James Cummins, dormia no único quarto da residência. Ele tinha ficado paralítico após sofrer um acidente automobilístico, anos atrás. A mãe estava trabalhando numa loja de conveniências.

A garota foi a primeira a acordar com as chamas tomando conta da casa. A primeira reação que ela teve foi a de correr para fora e chamar um vizinho para acudir sua família. Mas Thomas, mesmo percebendo o fogo se espalhando rapidamente, não fugiu do cenário terrível. Ele pensou primeiro no pai, paralítico e que precisava de sua ajuda para escapar dali.

Bombeiros tiveram que debelar primeiro o fogo para entrar na casa (Reprodução)

A irmã de Thomas e os vizinhos, do lado de fora da residência, nada podiam fazer além de acionarem o Corpo de Bombeiros local. Segundo o xerife Marty Grishan, quando os primeiros homens chegaram ao local a casa estava totalmente tomada pelo fogo. Sabendo que haviam duas pessoas lá dentro, tentaram entrar de imediato, mas as fortes chamas impediam o resgate.

Restou aos bombeiros lançar jatos de água para debelar as chamas. Assim que o fogo diminuiu, dois bombeiros entraram no lugar e encontraram uma cena terrível: pai e filhos mortos no quarto. Infelizmente, o incêndio foi mais rápido do que Thomas. Ele não conseguiu salvar o pai e, tragicamente, morreu junto ao homem que lhe colocou no mundo.

A Polícia de Marietta ainda não emitiu um laudo oficial sobre a causa do incêndio, mas os investigadores já apontam como acidental. Acreditam que foi provocado por alguns aquecedores espalhados pela casa, como forma de proteger a família do frio intenso que faz na região.

A casa ficou totalmente destruída pelo incêndio (Reprodução)

“O incêndio parecia ter começado mesmo na área da sala de estar, conforme relato da garota que sobreviveu. No entanto, devido aos danos extensos no local não conseguimos determinar com precisão se a causa foi elétrica ou provocada pelos aquecedores”, disse o investigador Judah Shepard, do Corpo de Bombeiros, acrescentando que a suspeita maior recai sobre os aquecedores.

Os amigos da família criaram uma conta no site GoFundMe com o objetivo de arrecadar 10 mil dólares para as despesas funerárias de Thomas e James. O dinheiro também servirá para ajudar a mãe e a filha, que não tiveram suas identidades reveladas e que agora estão na casa de parentes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here